Scrap Pelo Brasil!


sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Preparando Scrap Literário de Inverno!


Oláááááááááááááááááááááááááááá!!!
Não parei com o Scrap Literário não! Estou mandando ver aqui e logo venho mostrar as leituras da estação mais gostosinha do ano (eu amo).


Aqui a capa da estação:
 Falando um pouco sobre a estação...
 E o primeiro livro que li foi uma grata surpresa: "O LAdo Feio do Amor". Bom, não foi muuuuuita surpresa, pois pedi ele de amigo oculto no grupo Leitura Inesquecível de tanto ouvir falarem bem dele, mas com o titulo a gente não imagina. Como definir? Um romance muito gostoso onde a mulher finalmente não é uma mimizenta chata! Ela não! Ela ama, tem uns probleminhas do cara, mas ela vai e enfrenta, não se afasta, não chora, não reclama! Ela decide e vai e curte o momento! E ele, sim, tem uns probleminhas porque ama demais e passou por um trauma grandão, então a gente perdoa o Miles e torce muito por eles! Depois de ter lido este livro ficou difícil me envolver nos livros seguintes, viu? Mas deu, já li alguns bem bacanas que daqui a pouco venho aqui mostrar para vocês!
 Segue a leitura!
Beijosssssssssssssssssssssssssssssssss by,
VIDA BELÍSSIMA 2016

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

Página Love You!

 Olááááááááááááááááááááá´!
 Eu e mamis, mamis e eu! Tema da página de hoje!
Love You
Esta página eu fiz inspirada neste recorte de background cortado na Silhouette:
 Comecei arredondando os cantos do background.
 Pintei as beiradas com um pouquinho de gesso acrílico.
 Colei num papel grosso.
 Fiz um tapetinho para a foto que recortei quadradinha como Instafoto e colei por cima um moldurinha muito fofa da American Crafts.
Os balõezinhos também foram cortados na Silhouette e eles são cheios de camadas. Usei um bling, que como não cabia ao longo da página eu tirei algumas partes e usei como traçado do caminho que os balõezinhos fizeram subindo pelo "ar". As flores e os blings são da prima.
 Experimentei mais um pouco de cor na página e usei folhinhas Prima em verde bem bebê, piscina, desbotadinho.
 Um toque de borboletas prateadas e um pequeno coração de resina Prima. Acrescentei mini rosinhas de papel Prima nos balões.
 Detalhes... Borboletas, flores, folhas, blings, coração de resina...tudo Prima!
 Título em Papelão corrugado Jillie Beans.


 Os balõezinhos são muito fofos, né?
 Espero que tenham curtido!
Beijosssssssssssssssssssssssssssssss by,
Vida Belíssima 2016

domingo, 7 de agosto de 2016

1 cartão, 2 sentimentos parte 2!

Olááááááááááááááááááááá!!!
Mais uma rodada de um mesmo recorte de cartão da Silhouette com dois sentimentos.
Aqui o recorte escolhido em Kraft.
 Fundo do cartão 1 rosinha...
 Para fazer o título/ sentimento fiz recorte duplo na Sil, eis o fundo...
 ...que pintei de Gelato azul piscina.
 E sabe como usa Gelatto, tem que espalhar bem o que fiz usando uma esponja.
 Depois a palavra colada. Legal, né?
 Ficou assim.
 Precisava adicionar uns enfeitinhos, né? Recorte de ramo feito na Silhouette e adesivo de flores.
 Fundo vermelho para que sentimento??
 NATAAAAAAAAL!!!!! Recortes de um KISS natalino (saudades) e palavra/sentimento em chipboard.
 Aqui os dois juntinhos!


terça-feira, 2 de agosto de 2016

Página Pure Happiness!

Oláááááááááááááááááááááááááá!!!
Chegando com uma página com fotão!
Esta página foi feita com uma foto 20X25cm.
Tenho imensa dificuldade em trabalhar com foto grandona e para fazê-la não foi diferente. Separei o papel do fundo e os bracinhos de arabescos Momento divertido, a lâmpada Prima e só. Não conseguia pensar em mais nada. Experimentei dezenas de tipos de flores e nada ficava bom. Precisava de mais enfeites, mas quanto mais tentava mais triste ficava e abandonei a página por aquele dia.
No dia seguinte, ao acordar, fui pensando em enfeites que poderiam dar certo e logo sentei à mesa de trabalho. E nasceu!
Pure Happinness
 Mais uma coleção comprada recentemente na loja Oficina de Memórias da Maria do Rosário, indicada por Naiara Cecília e foi um achadooooooooo! Tantas lojas que eu amava fecharam e me deixaram quase sem opção, e as opções não atualizam muito os materiais. Na Oficina achei enfeites lindos, super novidade no mercado e fiquei muito feliz! espero que a lojinha prospere muitão e não precise fechar suas portas! Bom, a coleção é Base Coat da Kaiser Craft e olha que delícia!!! tudo que mais amo! Tábuas, cortiças, juta, até papelão rasgado são os efeitos destes papéis sensacionais para um fundo rústico! Me apaixonei no ato!
 Escolhi este de tábuas branquinhas e o colei num que parecia que nunca usaria e fiz minha base grossinha e forte.
 Depois eu montei a página com os enfeites e fotografei para não me perder depois. Fiz isso, pois fui testando as possibilidades como um quebra cabeça. Não foi de cara. Rodei muito os enfeites pela página até achar um local apropriada e agradável (para meu gosto) para cada um.
 Feito isso, resolvi pintar os enfeites pois cada qual tinha uma cor e achei melhor criar uma harmonia entre eles. Os chips da Momento Divertido era cinzas, alguns enfeites de madeira Prima eram bem clarinho tipo pinho, outros mais escuros então pintei muitos de cinza com o Pearl Perfect.
 Havia pintado de um salmão muito levinho, praticamente um creme por baixo e passei bem de leve o Pearl Perfect para ficar quase uma pátina, se assim posso dizer. Esta foto tirei mais para ver a bagunçaaaaaaaaaaaaaaa! KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK olha meus dedos!
 Bom, tudo, ou quase tudo pintado (deixei o reloginho e o título fora dessa), ora de colar chips e enfeites de madeira e usar alguma sobreposição com alguns deles. Vide abaixo.
 Depois fui acrescentando grandes rosas Prima e rosinhas TEC e corações cortados na silhouette que preenchi de relevo incolor para parecerem plastificados.
 Compus o texto com Thicker maiorzinho da American Crafts (Pure), e os zipers Prima.
 E ainda achei lugarzinho para um enfeite de gesso Prima! O coração alado.
 Detalhes:
 Bracinho lindo da Momento Divertido, com rosinha TEC e lâmpada Prima.
 Título em cima da foto. Quando a foto é gigantona sobra alguns enfeites para cima dela, né? Além dos enfeites de madeira Prima máquina e roldanas pintadinhas. Happiness também é de madeira da Prima. Ziper, adoro estes enfeites fofos!
 Os enfeitinhos todos sobrepostos, ziper, coração com relevo, coração em resina, aliás, não gesso!
 E a foto grandona, grande vedete da página, que minha prima tirou lá no Jardim Botânico do Rio de Janeiro e que amei e não poderia deixar de revelá-la assim tão grande!
 Ufaaaaaaaaaaaa!!!!
Falei demais hoje, não???
Até a próxima então!
Beijosssssssssssssssssssssssssssssss by,
VIDA BELÍSSIMA 2016

terça-feira, 26 de julho de 2016

Scrapliterário - Leitura Inesquecível 2016- Outono completo.

Oláááááááááááááááááááá!!!
 Voltei para trazer o Smash da Leitura Inesquecível Estação Outono:

Relembrando a divisória de Outono:
 Sobre a estação...
Comecei com dois pés esquerdos pelo Clássico Nacional dos 100 livros para ler antes de morrer. Minha infeliz escolha foi "Iracema", que parece narrada pelo Rolando Lero da Escolinha do Professor Raimundo. Que livro chatooooooooo!!! Como pode ser do mesmo autor de "Senhora"??? Eu não entendi nada do livro, me perdi toda, de tão chato que foi ler aquele português rebuscadíssimo.
 Depois o livro com Outono no título. Lisa Kleypas que amei tanto no verão com "Segredos de Uma Noite de Verão", não me empolgou como o primeiro, mas foi leitura levinha, uma boa distração. O casal não foi tão bacana e cheio de química como o primeiro e nem ri tanto quanto as colegas falaram que riram, mas deu para distrair.

Amei o que enquadrei como Relatos Reais, mas também um clássico dos 100 livros para ler antes de morrer, só que estrangeiro (e não conta no Outono). Todo mundo já tinha lido "O Diario de Anne Frank" e eu só ouvira falar. Amei, me envolvi completamente, torci, chorei, catei filmes depois, contei o resumo para meus alunos que acharam fantástico o relato e ficaram impressionados, enfim, empolgante e emocionante! Lembrei dos meus diários de adolescente com a linguagem dela e o modo de descrever as coisas.
 Este eu só postei página dupla, por conta do fundo do papel que achei bem legal para usar para ambos os livros que tem suas "puxadas" para baixo, depressão, melancolia, isolamento...
 Lugares escuros é classificado tanto como drama, como suspense, ambos sugestões para o Outono. E tem filme muito bom também. TRata da vida de uma mulher que quando criança assistiu o assassinato da família toda e depois de adulta resolve investigar o que realmente aconteceu, pois o irmão foi preso como suspeito porque ela o acusou e ela agora tem dúvidas em relação a isso. Mas também ela é movida por dinheiro por fãs de sua história macabra... enfim. Uma doideira assim. Mais uma vez (como em Garota Exemplar) Gillian Flynn passeia entre o passado e o presente entre os capítulos até que tudo seja desvendado.
 Outro livro que originou filme. Como filme é classificado como comédia (oi?) e como livro Sick Lit, gênero literário que gira em torno de um personagem doente, digamos assim. O personagem deste livro, no caso, é um garoto com depressão. Ele escreve cartas anônimas (ou tenta ser anônimo) sobre sua vida, escola, familia, amigos... me emocionei um pouco.  Começou meio chatinho e terminou muito bom.
 Em falar em começar chato: Ficção Científica (gênero que não gosto), escolhi Perdido em Marte por ter filme, pois isso me motiva mais a ler, fico muito ansiosa para comparar livro com filme. Começou chatoooooooooo com tantos cálculos para tudo, fórmulas e tal, depois a sucessão de coisas que vão acontecendo vai dando um desespero, você torce como louco pelo personagem, se angustia, dái não consegue largar o livro porque quer logo saber o que vai acontecer em seguida! Quem diria que um cara perdido sozinho em Marte durante meses, anos, vai render tanta história? Mas rende e te prende nela! Filme muito bacana também!
 Uma decepção: Suspense de Sidney Sheldon. Eu amava tanto... li todos quando era adolescente! Devorava! Fiquei doida para ler novamente algo novo, que não conhecesse e "Conte-me Seus Sonhos" foi decepcionante! Personagens todos fraquinhos, frágeis, bobos, a linha do suspense e toda trama não te envolve, o livro nem te prende! A vontade é de ler logo só pra se livrar mesmo!
 Os livros EXTRAS todos originaram filmes. Escolhi ler Spotlight , pois o filme ganhou o Oscar 2016, mas o livro... Meu Deus, que tortura de chatooooooooooo! Linguagem muito policial e jornalística, pesquisas, documentos... um porre. Não é meu tipo de leitura. Doei para Biblioteca do Bairro. O filme foi beeeeeeeeeem bacana mesmo! O filme valeu à pena! Mas veja sem ler! POrque lendo quase desisti de assistir o filme!
 Mistério foi Aghata Christie e sem querer comprei em quadrinhos e achei que seria muito chato. Bem, Morte na Mesopotamia foi chato, mas "O Caso dos Dez Negrinhos" foi excelente! Achei divina a dinâmica das mortes misteriosas! Dei até de presente para um aluno, que adorou!
"O Inferno" de Dan Brown (vai sair o filme em Outubro deste ano) foi legal, porém muito extenso, então cansou a leitura. Interessante, mas arrastado!
 Não costumo gostar mais de leiturinha juvenil, adolescentes, new adult, mas este Perdendo-me foi bem gostosinho de ler. Até que os jovens adultos não eram tão cheios de mimimis assim. Ela fica indecisa demais da conta, segurando esta virgindade até quase o final do livro, mas ok. Foi leitura leve, romance fofinho!
 Parte dos Extras: Romance, Carol - que tem filme. Ambos muito chatoooooossss,  muito devagar quase parando, sobre a paixão entre duas mulheres. E pra piorar comprei na Amazon.com sem prestar atenção que estava comprando em Inglês e fazia bem uns 19 anos que não lia um livro em Inglês. Foi mais duro ainda.
 Outro Extra: Drama, O Quarto que originou o filme O Quarto de Jack! Este foi delicioso e superdiferente! Li mais de 300 páginas em 4 dias! Narrado em primeira pessoa por uma criancinha de 5 anos nascida em cativeiro, fruto da relação entre o Sequestrador e a mãe, mas gente, que delícia de inocência! A mãe criou um mundo inteiro para ele dentro de um quarto que era um galpão no quintal do sequestrador todo a prova de som, sem janelas e tals. Muito criativo e gostoso! O filme não é muito fiel. Não foi tão bom quanto o livro.
 Outro extra que originou filme: A Garota Dinamarquesa. Drama? Fatos Reais? Romance? Não sei classificar, mas tem leve romance, muito drama e foi baseado em uma História Real de um rapaz que nasceu com órgãos internos femininos e foi um dos primeiros a fazer operação de mudança de sexo... Dá um pouco de angústia a batalha do Einar/Lili, mas foi uma leitura bem interessante.
 Extra: Brooklin, Romance que originou um filme. Tanto a leitura como o filme estão no mesmo nível: leitura leve, gostosinha. O final do filme fica nas reticências, mas o do filme foi tudo que eu queria que tivesse no filme. Uma jovem vai trabalhar muito longe de sua família, descobre o amor, tem de retornar para casa, surge um outro amor, mas espera! Ela se casou antes de voltar e agora???
 Bem, num balanço das leituras de Outono, não foram ótimos livros para mim, pois apesar de querer ler gêneros diferentes minha preferência é que tenha um bom romance, então senti muita falta disso e não estou conseguindo interagir muito com o grupo do Projeto, então acho que vou continuar com ele como um Desafio Pessoal, mas correndo por fora mesmo e ano que vem prefiro fazer minha própria listinha sem obrigações. Já este ano, creio eu, na Leitura de Inverno, não estou levando muito a ferro e fogo as sugestões. Prefiro ler por prazer mesmo!
Vida Belíssima 2016

Presente da Lu Oliveira!

Presente da Lu Oliveira!