Scrap Pelo Brasil!


terça-feira, 26 de julho de 2016

Scrapliterário - Leitura Inesquecível 2016- Outono completo.

Oláááááááááááááááááááá!!!
 Voltei para trazer o Smash da Leitura Inesquecível Estação Outono:

Relembrando a divisória de Outono:
 Sobre a estação...
Comecei com dois pés esquerdos pelo Clássico Nacional dos 100 livros para ler antes de morrer. Minha infeliz escolha foi "Iracema", que parece narrada pelo Rolando Lero da Escolinha do Professor Raimundo. Que livro chatooooooooo!!! Como pode ser do mesmo autor de "Senhora"??? Eu não entendi nada do livro, me perdi toda, de tão chato que foi ler aquele português rebuscadíssimo.
 Depois o livro com Outono no título. Lisa Kleypas que amei tanto no verão com "Segredos de Uma Noite de Verão", não me empolgou como o primeiro, mas foi leitura levinha, uma boa distração. O casal não foi tão bacana e cheio de química como o primeiro e nem ri tanto quanto as colegas falaram que riram, mas deu para distrair.

Amei o que enquadrei como Relatos Reais, mas também um clássico dos 100 livros para ler antes de morrer, só que estrangeiro (e não conta no Outono). Todo mundo já tinha lido "O Diario de Anne Frank" e eu só ouvira falar. Amei, me envolvi completamente, torci, chorei, catei filmes depois, contei o resumo para meus alunos que acharam fantástico o relato e ficaram impressionados, enfim, empolgante e emocionante! Lembrei dos meus diários de adolescente com a linguagem dela e o modo de descrever as coisas.
 Este eu só postei página dupla, por conta do fundo do papel que achei bem legal para usar para ambos os livros que tem suas "puxadas" para baixo, depressão, melancolia, isolamento...
 Lugares escuros é classificado tanto como drama, como suspense, ambos sugestões para o Outono. E tem filme muito bom também. TRata da vida de uma mulher que quando criança assistiu o assassinato da família toda e depois de adulta resolve investigar o que realmente aconteceu, pois o irmão foi preso como suspeito porque ela o acusou e ela agora tem dúvidas em relação a isso. Mas também ela é movida por dinheiro por fãs de sua história macabra... enfim. Uma doideira assim. Mais uma vez (como em Garota Exemplar) Gillian Flynn passeia entre o passado e o presente entre os capítulos até que tudo seja desvendado.
 Outro livro que originou filme. Como filme é classificado como comédia (oi?) e como livro Sick Lit, gênero literário que gira em torno de um personagem doente, digamos assim. O personagem deste livro, no caso, é um garoto com depressão. Ele escreve cartas anônimas (ou tenta ser anônimo) sobre sua vida, escola, familia, amigos... me emocionei um pouco.  Começou meio chatinho e terminou muito bom.
 Em falar em começar chato: Ficção Científica (gênero que não gosto), escolhi Perdido em Marte por ter filme, pois isso me motiva mais a ler, fico muito ansiosa para comparar livro com filme. Começou chatoooooooooo com tantos cálculos para tudo, fórmulas e tal, depois a sucessão de coisas que vão acontecendo vai dando um desespero, você torce como louco pelo personagem, se angustia, dái não consegue largar o livro porque quer logo saber o que vai acontecer em seguida! Quem diria que um cara perdido sozinho em Marte durante meses, anos, vai render tanta história? Mas rende e te prende nela! Filme muito bacana também!
 Uma decepção: Suspense de Sidney Sheldon. Eu amava tanto... li todos quando era adolescente! Devorava! Fiquei doida para ler novamente algo novo, que não conhecesse e "Conte-me Seus Sonhos" foi decepcionante! Personagens todos fraquinhos, frágeis, bobos, a linha do suspense e toda trama não te envolve, o livro nem te prende! A vontade é de ler logo só pra se livrar mesmo!
 Os livros EXTRAS todos originaram filmes. Escolhi ler Spotlight , pois o filme ganhou o Oscar 2016, mas o livro... Meu Deus, que tortura de chatooooooooooo! Linguagem muito policial e jornalística, pesquisas, documentos... um porre. Não é meu tipo de leitura. Doei para Biblioteca do Bairro. O filme foi beeeeeeeeeem bacana mesmo! O filme valeu à pena! Mas veja sem ler! POrque lendo quase desisti de assistir o filme!
 Mistério foi Aghata Christie e sem querer comprei em quadrinhos e achei que seria muito chato. Bem, Morte na Mesopotamia foi chato, mas "O Caso dos Dez Negrinhos" foi excelente! Achei divina a dinâmica das mortes misteriosas! Dei até de presente para um aluno, que adorou!
"O Inferno" de Dan Brown (vai sair o filme em Outubro deste ano) foi legal, porém muito extenso, então cansou a leitura. Interessante, mas arrastado!
 Não costumo gostar mais de leiturinha juvenil, adolescentes, new adult, mas este Perdendo-me foi bem gostosinho de ler. Até que os jovens adultos não eram tão cheios de mimimis assim. Ela fica indecisa demais da conta, segurando esta virgindade até quase o final do livro, mas ok. Foi leitura leve, romance fofinho!
 Parte dos Extras: Romance, Carol - que tem filme. Ambos muito chatoooooossss,  muito devagar quase parando, sobre a paixão entre duas mulheres. E pra piorar comprei na Amazon.com sem prestar atenção que estava comprando em Inglês e fazia bem uns 19 anos que não lia um livro em Inglês. Foi mais duro ainda.
 Outro Extra: Drama, O Quarto que originou o filme O Quarto de Jack! Este foi delicioso e superdiferente! Li mais de 300 páginas em 4 dias! Narrado em primeira pessoa por uma criancinha de 5 anos nascida em cativeiro, fruto da relação entre o Sequestrador e a mãe, mas gente, que delícia de inocência! A mãe criou um mundo inteiro para ele dentro de um quarto que era um galpão no quintal do sequestrador todo a prova de som, sem janelas e tals. Muito criativo e gostoso! O filme não é muito fiel. Não foi tão bom quanto o livro.
 Outro extra que originou filme: A Garota Dinamarquesa. Drama? Fatos Reais? Romance? Não sei classificar, mas tem leve romance, muito drama e foi baseado em uma História Real de um rapaz que nasceu com órgãos internos femininos e foi um dos primeiros a fazer operação de mudança de sexo... Dá um pouco de angústia a batalha do Einar/Lili, mas foi uma leitura bem interessante.
 Extra: Brooklin, Romance que originou um filme. Tanto a leitura como o filme estão no mesmo nível: leitura leve, gostosinha. O final do filme fica nas reticências, mas o do filme foi tudo que eu queria que tivesse no filme. Uma jovem vai trabalhar muito longe de sua família, descobre o amor, tem de retornar para casa, surge um outro amor, mas espera! Ela se casou antes de voltar e agora???
 Bem, num balanço das leituras de Outono, não foram ótimos livros para mim, pois apesar de querer ler gêneros diferentes minha preferência é que tenha um bom romance, então senti muita falta disso e não estou conseguindo interagir muito com o grupo do Projeto, então acho que vou continuar com ele como um Desafio Pessoal, mas correndo por fora mesmo e ano que vem prefiro fazer minha própria listinha sem obrigações. Já este ano, creio eu, na Leitura de Inverno, não estou levando muito a ferro e fogo as sugestões. Prefiro ler por prazer mesmo!
Vida Belíssima 2016

4 comentários:

Mali Pering disse...

Oiiii! Quanta leitura! Uauuuu! Amiga, vc é demais, se começo a ler um livro chato, ah, desisto de imediato! Kkkkk vc é fera amiga!!! Lendo livros que não são sua preferência e ainda muitos chatos, vc se supera!
Com todas as suas resenhas posso saber que só o quarto de Jack talvez eu leia! Da Agatha eu li esse os dez negrinhos, os outros não fazem minha cabeça, kkkkkkkkk!
Contando nos dedos! Uhuhuhuhu! Semana que vem te aguarda! Uhuhuhuhu!
Uma abençoada férias amiga!
Não sei quanto falta para tua aposentadoria, mas aguenta firme! Tudo passa! Sei bem como é, mas depois vc até fica com uma pontinha de saudade kkkkkkk!
Amando seu smash de leitura, além de lindo tem muita resenha pra gente se inspirar!
Beijão e fica com Deus!

Érika Valéria Galindo disse...

Ah, não existe coisa pior que ler por obrigação!! De chatice tô correndo, só leio o que gosto. Por isso não participo mais desses desafios.
Mas gostei bastante de ler essa postagem sua, me livrou de comprar errado e mostrou outras dicas interessantes. Valeu!!
Também amava Ágata. E me arrependo de ter desapegado dos meus livros dessa autora. Snif!!!
Você já leu Bárbara Wood ? Eu gosto muito.
Bjssss

Mali Pering disse...

Oiiiiiii! Uhuhuhuhuhuhuhu! Arraial!!!!!!! Felicidade!!!!! Uhuhuhuhuhu! Descansa amiga, relaxa, aproveita! Esquece que o resto existe, deixa pra depois! Aproveita o presente ao máximo!
Quanto a aposentadoria, aiaiaiai amiga, o que podemos fazer...orar, pedir pra Deus vetar tudo o que for contra as necessidades de todo o povo brasileiro! Eu não sei mas acho que com a atenção voltada para as olimpíadas eles aproveitam para fazer o querem no senado, uiuiuiui, só Deus a nosso favor amiga, não temos mais ninguém, e só Ele pode tudo! Eu me aposentei com o minimo mesmo, nem vou reclamar, mas sim eles querem é não pagar nada, querem tudo pra eles e dividir as classes sociais em três, rico(eles), pobres e paupérrimos! Mas Deus é justo, e é Ele que faz justiça por todos nós!
Olha, prefiro ler revista do que ler livro chato, nem sei como consegues ler, kkkkkk
Olha, aproveita muito, esquece de tudo!!!!!!!!
Beijão lindona!

Érika Valéria Galindo disse...

Que bom que gostou! Tem muita coisa sim, Aline!
E tem coisa que vai ser difícil desapegar (minhas borboletas e minhas gueixas - tenho que bolar algo especial). O barquinho foi fácil, sem estresse.
Tive 15 dias de recesso em julho, mais 15 de licença médica por conta da cirurgia. Hoje fiz revisão e estou bem, mas terei 120 dias de dieta pela frente. Poxa!!!
Olha, gosto muito da Bárbara Wood. São romances. Já li Solo Sagrado (amei) e Esta Terra Dourada, também muito bom.
Mas leitura é isso mesmo, uns gostam outros odeiam. Mas que eu não gosto desses desafios não gosto mesmo. Pra começo de conversa (no meu caso), nos que entrei, entrei porque vi nos blogs. Segui bem direitinho, mas os participantes não me davam retorno nenhum. Era um "monólogo", digamos assim. Parecia com os muitos blogs de scrap que visito até hoje: visito, comento, comento, visito, ... Cheguei a conclusão que sou invisível para a grande maioria das scrappers. Deixa pra lá!! Tô vacinada.
Querida, aproveita muito, sei que precisas. Quando um ano é difícil, só Deus para nos amparar e dar forças.
Beijo enorme para vc, mami e todas as suas filhas.

Presente da Lu Oliveira!

Presente da Lu Oliveira!