Scrap Pelo Brasil!


sábado, 28 de maio de 2016

Scrap Literário- Leitura Inesquecível 2016. Verão fechado!

Oláááááááááááááááááááááááááááááááááááááá!!!
Até que enfim consegui fechar o registro de verão com as fotos que faltavam dos livros  que esqueci de revelar e/ou que li depois como extras. Ok, vou do comecinho do Verão novamente, me perdoem, mas agora inteirinho!

Aqui os temas e sugestões:



Divisória Verão
Sobre a estação...
O Clássico foi Madame Bovary. O que dizer sobre a "Madame" Bovary? Uma pessoa fútil, fraca, tola que se deixou usar pelos homens e deixou de lado o marido, que fazia tudo por ela? Uma idiota safada, simplesmente. Não gostei desta personagem. POde me chamar de careta e retrógada, talvez até machista. NÃO GOSTO DE PUTARIA! #prontofalei
 O Livro com Verão na Capa foi "Segredos de uma Noite de Verão", o melhor livro do verão, com certeza! Ameiiiiiiiii O Simon Hunts, homem macho, sim senhor, de personalidade! Recomendo.
 Casa de Verão, outro livro com verão no título. Chato, fraco, sem tensão, com um bando de personagens cada qual mais insignificante do que o outro.
 Comédia: O Substituto de David Nicholls. Engraçadinho, apenas, não comédia Ha-ha! POuco romance não me prende muito também, mas foi legal. Agora, não pode chegar e pensar no "Um Dia", o livro dele que arrasou!!! Nada nesta linha, leia sem expectativas.
 Aventura: LIVRE. O que dizer sobre o livro? Li porque amei o filme. Não na primeira vez, mas na segunda que vi. Soube que era escritora e que tinha escrito o livro e fiz caminho inverso. Li depois do filme e bah! Gostei mais do filme. O livro é muito grosso, muito extenso e muuuuito repetitivo. Não é uma leitura ruim, mas um pouco difícil às vezes com tantos relatos da saga. Sobre uma mulher tentando se "purificar" vamos dizer. A mãe faleceu e ela caiu nas drogas e promiscuidades traindo um marido bom, que era seu melhor amigo (sério, o que há de errado com estas mulheres?). Resolveu fazer 180 dias de trilha sozinha para se livrar disso tudo, se encontrando com si mesma. Bem bacana.
Chick Lit (ou leitura mulherzinha): Um Amor de Cinema. Legalzinho. Diversos filmes românticos e suas cenas citadas, porque a protagonista é desafiada a vivê-las com um Ex. Não é nenhum Best Seller, mas uma boa "distração de férias", digamos.
 Não sei bem se é outro Chick Lit, talvez, mas acho que fica mais para New Adult - um juvenil e não costumo gostar mais de leitura juvenil, acho que já estou mais para a leitura senil... mas este foi bem gostosinho e fluído. A menina é filha de pais gays, primeiro livro que leio assim. É fofo, é divertido e o casalzinho de jovens uma gracinha!  Valeu!
 Outra comédia de David Nicholls: Resposta Certa. Depois de me fazer chorar litros e desidratar com o tal "Um Dia", acho que ele resolveu se redimir com a galera fazendo comédias, né? Engraçadinho, mas este realmente teve uma cena na cozinha em que o protagonista, passando dias na casa da menina pelo qual ele é apaixonado dá de cara com a mãe dela nua mexendo na geladeira e PIOR, com o pai nu que vem ver o que estava se passando e este foi o primeiro livro que me fez chorar de rir!!! As lágrimas rolavam com esta cena hilária, inusitada!
Para o gênero erótico caí na asneira de comprar a série Crossfire, por ter ouvido falar tanto em Gideon Cross. Foi na época mais ou menos dos 50 tons e achei que pudesse se igualar. Porcaria nenhuma!!! Que saco de livro repetitivo, enjoado! Que protagonista excrota, chata, mimada, infantil... putz! E como esta gente gosta de pintar mulher assim, hein? Nos livros os homens que são fofinhos, bonzinhos, pacientes, uns amores, tudo príncipe encantado e as mulheres me dão muuuuuita raiva! Esta Eva foi demais pro meu estômago! E a linguagem? Que saco! Nunca mais eu quero ouvir ou ler "líquido pré-ejaculatório" em minha vida. Sério! Quem fala ou pensa usando este termo??? Ok, Gideon é uma graça embora tenha sido muito chato pensar no seu "saco pesado", coisa que a autora gostava muito de repetir junto com o líquido pré ejaculatório pelos livros afora... em todos os quatro.
Agora parece que pra acabar de vez e sepultar a série tem o "Todo Seu", mas não sei se aguento mais um, cara. Dizem até que é bom, mas fiquei traumatizada com esta autora. Ruim demais!
 Outro erótico podre foi o tal do "Safado do 105". Liguagem chula de doer, chato também, repetitivo idem, protagonista quase tão excrota quanto a Eva da série supracitada. Bem, acho que erótico é um tema do qual vou fugir para sempre! Fora isso, uma fotinha da pilhinha que li neste verão, sendo que uns dois ou três livros não constam da pilha, pois tenho uma tia que sempre me pede os livros que mais gostei para ela ler depois! Está devorando livros também! hehehehehe Adoro esta empolgação efeito dominó! E também tinha dado dois para minha afilhada, A Lola e o livro no qual o projeto foi baseado "Um Ano Inesquecível".
Bem, então, falei um monte! Me perdoem os palavrões do post, inclusive, mas daqui a pouco estarei voltando com o post sobre as leituras do Outono. Eu já consegui ler todos os livros obrigatórios e os da sugestão, então já tenho esta parte toda preparada e registrada, só vou agora começar a leitura dos Extras - todos livros que viraram filmes. U-huuuuuuuuuuuu!  
Mas isso eu conto depois, no post do outono!
Por hora é beijosssssssssssssssssssssssss by,  
VIDA BELÍSSIMA 2016

3 comentários:

Karine Vieira disse...

Ufaaaaa! Cansei de ler tudo!!! Coisa boa ler né?! Tô lendo agora "Peter Pan tem que Morrer" do John Verdon, adooooro suspense!!! Melhor do que scrap é só a leitura mesmo, e quando conseguimos juntar os dois é maravilhoso ♥

Mali Pering disse...

Oiêêêê! Que lindo que está seu Smash literário! E que legal, vc está se superando a cada estação! Parabéns! Bom ler sobre as leituras que vc fez, assim não erramos na compra de livros, kkkkkkkkkkk!
Ah obrigada pelo carinho!
Beijão!

Érika Valéria Galindo disse...

Que massa, Aline!! Não sabia que tinhas um smash literário. Eu tenho um, mas até agora só fiz a capa. Pode ??!!
Vou tentar corrigir isso rsrsrs
Beijo.

Presente da Lu Oliveira!

Presente da Lu Oliveira!